quinta-feira, 14 de maio de 2009

Mulher muçulmana sempre superando limites




Mais um dia de competições para Ruqaya al-Ghasara, ela ajeita seu Hijab, se posiciona e quando dá a largada sai em disparada representado seu país nos 200m rasos, até ai tudo bem, se não fosse o fato que Ruqaya al-Ghasara é uma muçulmana do Bahrein, país conservador que mostrar sinais de tolerância ao abrir espaço para esse grande mulher fazer história no atletismo.



O que gostaria de comentar hoje é justamente isso, a superação, As mulher muçulmana é guerreira por excelência, num mundo dominado pelo patriarcalismo e por leis antiquadas as mulheres muçulmanas cada vez mais tem mostrado que podem sim, serem religiosas, esposas, mãe e excelentes profissionais sem abrirem mão de suas convicções.

Ruqaya al-Ghasara é um exemplo claro disso, sua determinação é tamanha que hoje no Bahrein existe uma equipe só de mulheres velocistas, Mashallah ! (benza Deus) E o exemplo de nobre guerreira seja visto por todas as demais mulheres do mundo...

A melhor arma contra a intolerância religiosa e o machismo é o conhecimento.
Vale lembra que a jovem fundista é apenas uma de milhares Ruqaya al-Ghasara que existem no mundo desafiando os perigos e superando os limites...

video